15 setembro 2006

Saudades de Ti






















Não consigo esquecer o dia do teu aniversário, acho que nunca esquecerei...
Amanhã farias anos.
Também não consigo esquecer o dia em que partiste e em que fui a única a quem foi permitido ver-te.
Estavas tão lúcida...

Tenho medo mais uma vez, que tenhas partido sem saberes o quanto te amava e eras importante para mim.
Queria tanto ter-te dito nesse dia, que te Amava, que eras a pessoa mais importante da minha vida... mas mais uma vez adiei, pensando que poderia dizer depois...
O depois já foi tarde... e quando partiste, mais um pilar meu se foi.

Há dias em que rezo e peço para olhares por mim...
Tanta coisa mudou desde que partiste...
Tenho sempre a sensação que se cá estivesses seria tudo diferente...
Hoje olhando para trás e para a frente, vejo que poucos pilares tenho, penso mesmo que o único seja a Mãe.

Recordar-te, dá-me vontade de chorar...
Tento sempre lembrar-me do melhor que passámos juntas, que foi quase toda a minha vida.
Tento lembrar-me dos beijos e abraços que dávamos. De quando choravamos a rir.
Tenho Saudades tuas, mas também sei que jamais te poderei voltar a ver e abraçar e isso dói...
Desculpa amanhã, não ir lá... não sou capaz.
Afinal sei que não estás ali... mas estarás sempre aqui...

9 comentários:

Misty disse...

Percebo bem que lá não consigas ir, mas como dizes, não é lá que ela, eles todos, estão... e.

Ela está,sim,no teu coração, nas memórias que tens dela, naquilo que te ensinou e transmitiu, no bom que te transmitiu.

É aí que ela está e viverá enquanto tudo isso estiver também vivo em ti!

Um beijo grande.

A minha data dura também já não demora.

Anónimo disse...

"Lembro-me de como sorria...
Das palavras dos seus olhos...

Na PAZ, que se sentia, quando ela estava...

Lembro-me dessa Noite... e de teres de explicar ao teu filho...

Vá lá passa o Natal comigo... a tradição começa sempre no 1º ano..."

Susana

Alma Nova disse...

Sentimos saudade do que amamos...portanto "ela" está sempre contigo, no teu coração, no que sentes, nas tuas memórias. Quem se ama nunca parte verdadeiramente, fica sempre connosco.

Ines disse...

Deixo um beijo

GK disse...

"Tenho medo mais uma vez, que tenhas partido sem saberes o quanto te amava e eras importante para mim."
é verdade que o devíamos verbalizar mais vezes, mas, de alguma forma, eu acho que todos sentimos quem nos ama. E se assim era de certeza que tens mais "alguém" a olhar por ti onde quer que esteja...

Bj.

sniqper disse...

Como te entendo amiga...Um kisse big para ti.

Ivo disse...

Deixo um simples Beijo, que espero, de reconforto!!

SoNosCredita disse...

apesar de a relação que tenho com a minha mãe não ser a ideal, sei que também - um dia - terei saudades dela.
não sei se é por ser filha única, mas dou por mim a pensar nisso...
no dia em que, eventualmente, os meus pais já não estarão cá...
sinto-me culpada só de o tentar imaginar!

Anónimo disse...

Deixo-te um pouquinho do que também sinto pois perdi a minha a dois meses e custa tanto!
Não é fácil perder uma mãe e por mais que nos digam que temos que seguir em frente é sempre uma dor terrível e uma das perdas das perdas.

...!!!...

Uma luz se apagou
Lentamente se esgotou
Enquanto a vida partia
Deixando-me...
No último olhar
Na última lágrima
No último pensamento
todo o seu imenso amor
e a eterna saudade...

Agora... Agora...
É no silêncio
que te procuro...
È no silêncio
que te escuto...
É no silêncio
que te encontro...
É no silêncio
Que te venero...
E só em silêncio
te posso chamar
Oh...Mamy, Mãe! Mãezinha!...