20 junho 2006

os dois pratos da balança
























Ainda a propósito da conversa que tive contigo... porque nos deixamos levar, eu, tu... até determinado ponto que sabemos de antemão não estar a ser o melhor. Em que momento se dá essa ligação, em que momento a devemos cortar...

"... foi assim que sem querer, sem intencionalidade de tal, decidiu naquele dia mudar o rumo da sua vida.
Não se pode dizer que não houve interferências... a "massa" que nos rodeia acaba sempre por interferir nas nossas vidas, nas nossas escolhas, mesmo sem que nos apercebamos disso, acabamos muitas das vezes por fazer o "socialmente correcto".
Ele ainda tentou ir contra o que os outros consideram correcto, quis dar asas à sua imaginação e desejos recondidos, os mais escondidos... mas sem coragem de correr, rodopiar, se perder... talvez com medo de nunca mais se encontar, decidiu seguir de olhos abertos, coração a bater, com receio de algum encontro inesperado, "lutou" como um valente para conseguir fazer o que não tinha vontade, para seguir o que se tinha imposto e perdeu a possibilidade de conhecer e se dar a conhecer, perdeu-a também a ela, não sei se para todo o sempre, afinal é muito tempo... ela fez o que o coração ou razão mandou, enfrentou todos e disse "... eu fiz assim... está mal? pois está! mas não o conseguiria fazer de outra forma...", seguiu o seu caminho, não sabe o que vai encontrar à frente, não sabe por quanto tempo mais vai esperá-lo com vontade, mas hoje não se sente tão mal, como em tempos se sentiu e acha mesmo que estão predistinados um ao outro, talvez não agora, não aqui... ou talvez amanhã..."

imagem: images.com

10 comentários:

Anónimo disse...

Sim... as nossas conversas... e que conversas essas, aquelas todas as que tivemos...e as que ainda teremos, sem sabermos como, onde ou porquê...
beijo

badger disse...

Ops...

Eu vou comentar...
Passei algo assim.... e hj, ainda espero!! Não sei no entanto se estaremos predistinados um ao outro, sei que o que aconteceu tinha mesmo que acontecer.... E hoje aguardo, pelo regresso dela, pelo reencontro... que poderá não acontecer!!

LINDO TEXTO!!

PARTILHAS disse...

ups...
a de cima sou eu...

Misty disse...

Como te entendo...tu sabes que sim, pois se tu me entendes também assim...

Deixa lá os juízos de valor...as opiniões valem o que valem...os caminhos escolhem-se com a razão, mas muito também com o coração... vida já me ensinou isso da maneira cruel que tu sabes!

Um grande beijo, minha grande AMIGA!

GK disse...

Ou talvez seja preciso coragem SEMPRE! Talvez agora essa coragem exista! Talvez agora se descubra que se tem de viver com as escolhas que fazêmos e que algumas vão assombrar-nos o resto das nossas vidas. Talvez tudo mude agora... Talvez...

Boa sorte.

umacoisaemformade_assim disse...

...tão bonito..

SoNosCredita disse...

"Em que momento se dá essa ligação, em que momento a devemos cortar..."

ñ percebo por que é que tem sempre de se cortar!

SoNosCredita disse...

"seguiu o seu caminho, não sabe o que vai encontrar à frente,"

convém.
porque a vida ñ espera.
e porque há coisas que só são possíveis quando duas pessoas querem o mmo...

mixtu disse...

e porque a vida tem que ter sempre 2 pratos...
besitos

terragel disse...

Tudo é uma questão realmente de corágem, tu tens toda a razão, tudo está baseado nas escolhas que fazemos, se fazemos da maneira que nos deixa feliz a vida é maravilhosa.
Bjs